CONCEITO DE MEDIADOR: Que as minhas palavras sejam justas para os justos, resistam à hipocrisia dos hipócritas, sejam divertidas para as crianças, confiáveis para os adultos e sóbrias para os sábios. Mas, cordiais com quem quer que seja, sobretudo. Sou professor. 

FUNDAMMENTOS: AUTOAVALIAÇÃO (aceitação)> INCONFORMISCO CONSTRUTIVO (ativismo de causa> AUTOESTIMA/ORGULHO PRÓPRIO

PRINCÍPIOS ÉTIICOS da nossa proposta de EDUCAÇÃO MEDIADA: 1. Confiança / 2. Honestidade Intelectual / 3. Diversidade / 4. Solidariedade / 5. Estudo-Pesquisa / 6. Trabalho / 7. Prevenção / 8. Multidisciplinaridade / 9. Consciência Social / 10. Compaixão /

Nossas referências:
Mulheres Fortes: https://tinyurl.com/59fnsu8d
Líderes Mediadores Mundiais: https://tinyurl.com/54s2v73w

www.doisdobrasil.com  #desenvolvimento  #diversidade  #TCC  #foradopadrao

TEXTOS CIENTÍFICOS E AFINS

Textos CientíficosTextos Científicos

 

Tim-TimTim-Tim

O CASTELO RÁ-TIM-BUM DA MNHA INFÂNCIA
✔
GutoMaia


Eu morava em Santana aos 10 anos, estudava no Grupo Escolar Frontino Guimarães, e todos os dias ia na Biblioteca Narbal Fontes, que ficava do outro lado da rua.

Lá, eu mergulhava nas "Aventuras de Tintim", coleção que li de cabo a rabo, e que determinou muito do gosto pela aventura, nos rumos da minha vida.

Eu já tinha uma grande influência das letras das músicas brasileiras clássicas das primeiras décadas do século XX, de uma grande discoteca que o meu pai tinha. A música me deu um bom repertório textual e poético.

Mas, como garoto de 10 anos, filho único, sem amigos, só passei a existir como gente a partir dos livros do Hergé, escritor belga criador das "Aventuras de Tintim", cuja coleção li inteira. Virei personagem das suas aventuras pela vida afora.

Hoje, quase aos 70 anos, essas aventuras tornaram-se quase autobiográficas. Pelo menos, eu tentei a vida toda que fossem. Na minha imaginação foram. Agora são.

#dianacionaldolivro #lereviajaralemdavida

 


 

APRESENTAÇÃO


ESTAMOS ESCREVENDO O FUTURO QUE NOS DIZ RESPEITO.

Este é um espaço ainda aleatório de armazenamento de textos, artigos, teses, tccs, aulas, ensaios, estudos e conteúdo teórico dos nossos pesquisadores do PROJETO ENSINO POR OUTRO CAMINHO - 1ª ESCOLA DO PENSAMENTO FORA DO PADRÃO.

Começamos a escrever o FUTURO QUE NOS DIZ RESPEITO, de forma disciplinada, cuidadosa e harmoniosa.

Os EDUCADORES que juntamos são pessoas raras, portanto, FORA DO PADRÃO, e certamente construirão SOLUÇÕES em conjunto que solitariamente possivelmente não as criassem.

A INTELIGÊNCIA SOLIDÁRIA pode ser comparada ao BOCEJO - basta alguém dar o start e todos são estimulados.

No nosso caso, buscamos uma fórmula de excitar GÊNIOS. Tarefa nada fácil de convencer pessoas de formação sólida e personalidade consolidada a embarcarem em algo inédito e imprevisível.

Com argumentos sólidos fundamentados por propostas HONESTAS e CONSEQUENTES, conseguimos juntar em menos de dois meses cerca de 100 mentes brilhantes que aceitaram o desafio. https://doisdobrasil.com/lideres-mundiais/  Elas serão os alicerces mediadores de uma produção intelectual fértil que trará SOLUÇÕES reais a médio e longo prazo para a melhoria de vida de pessoas ASSISTIVAS e VULNERÁVEIS, especialmente, na próxima DÉCADA, quando sairemos todos traumatizados de uma convulsão mundial, que uma pandemia nos impôs.

Nossa meta, aparentemente utópica, é formar uma GERAÇÃO INÉDITA DE CIENTISTAS ASSISTIVOS, em 10 anos.

Este é o nosso primeiro desafio. Cada um dos integrantes do PROJETO, têm suas teorias desenvolvidas, e têm uma veia latente de EDUCADOR, todos conhecem o UNIVERSO ASSISTIVO, alguns são ativistas da Acessibilidade, a maioria tem uma produção acadêmica extensa e reconhecida. Todos têm PRINCÍPIOS, VALORES E OBJETIVOS pessoais elevados e uma CONDUTA SOCIAL relevante de LIDERANÇA atestada pelos seus pares. Assim, juntamos um poder criativo de produção imensurável de pessoas de REPUTAÇÃO COMPROVADA.

Diante disso, sentimo-nos honrados de apresentar o início dos trabalhos de um GRUPO DE PESQUISADORES INTERNACIONAIS que realizará inúmeros eventos educacionais e organizará o 1º CONGRESSO INTERNACIONAL DA PESSOA FORA DO PADRÃO, previsto para acontecer simultaneamente em várias cidades. A data escolhida é 03 de dezembro, Dia Mundial em Homenagem à Pessoa com Deficiência, instituído pela ONU. O período será todo o mês de dezembro. Lembrando que este é o primeiro de dez.

A partir desse evento, convidaremos todos integrantes do projeto a participarem de outra iniciativa ousada, a partir de 2022: o início da implantação do 1º CENTRO DE PESQUISA DO CÉREBRO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA E AFIM, uma continuidade natural da nossa busca por respostas e soluções de médio e longo prazo para a realidade que enfrentará pós-pandemia a parcela mais vulnerável da sociedade mundial .
 
Contaremos com inúmeros apoios nesta empreitada. A largada está acontecendo em parceria com a REVISTA REAÇÃO, com base nos preceitos da ONU, sendo tudo disponibilizado nas diversas plataformas virtuais. 
Será uma aventura acadêmica inesquecível, solidária e sobretudo buscará beneficiar milhões de pessoas.

Bem-vindos!

Prof. GUTO MAIA (José Augusto Maia Baptista)
Membro da Comunidade de Talentos da ONU (2021/23) https://orcid.org/0000-0002-5694-4460
Professor, Pesquisador de Desenvolvimento Humano, Reabilitação, Inovação, Ciência e Tecnologia Assistiva,
Ênfase no Estudo do Cérebro da Pessoa com Deficiência, Neurodiversa e Afim.
Fundador do PROJETO ENSINO POR OUTRO CAMINHO - 1ª ESCOLA DO PENSAMENTO FORA DO PADRÃO
Articulador da 1ª UNIVERSIDADE DO PENSAMENTO FORA DO PADRÃO
Co-fundador da MATIOGAM-S - 1ª SALA DE AULA NA NUVEM
Organizador do 1º CONGRESSO INTERNACIONAL DA PESSOA FORA DO PADRÃO
Colunista da REVISTA REAÇÃO
Ativista da Causa da Pessoa com Deficiência
Depoimentos sobre o projeto: https://youtu.be/xx6_21LpPCg
Palestra do idealizador: https://youtu.be/G9OMLVwozDk
Site Oficial: www.doisdobrasil.com
Whatsapp: 11 993784603
E-mail: maiagutomaia@uni9.edu.br
PALAVRAS-CHAVE: paradigma, uninove, revistareacao, projetoensinoporoutrocaminho, 
foradopadrao, diariodocaiohenrique, agapasm, mediacao, cerebro, inovacao, desenvolvimento, ciencia, 
tecnologia, assistiva, reabilitacao, 
 
 
 

REAÇÃOREAÇÃO

   Artículos Dra. ITZEL MORENO y Lic. ERNESTO ESCOBEDO

Dra. Itzel MorenoDra. Itzel Moreno

ERNESTO ESCOBEDOERNESTO ESCOBEDO 

 

Conseguimos nossa publicação!   . Itzel Moreno Vite, Dra. Raija Pirttimaa, Dra. Rosa Elena Durán González e Ernesto Escobedo. Hoje estamos muito agradecidos com a publicação deste artigo na plataforma on-line do Taylor & Francis Group, Inglaterra. Esta plataforma encontra-se dentro dos Journals com mais alto fator de impacto de pesquisa no mundo!  Estamos muito gratos com o Consejo Nacional de Ciencia y Tecnologia (CONACYT) pelo seu apoio para alcançar este estudo. Muito agradecidos com a Universidade de University of Jyväskylä-Jyväskylän yliopisto i, Finlândia, pela sua colaboração, interesse e apoio de feedback sobre sua experiência na educação e inclusão de surdos. Muito agradecidos com o apoio do Departamento de Língua de Signos Finlandesa   Humanistis-yhteiskuntatieteellinen tiedekunta, Jyväskylän yliopisto.. Nossos sinceros agradecimentos à Universidad Autónoma del Estado de Hidalgo, UAEH-ICSHu pelo seu impulso, tutoria e apoio a essa pesquisa. Vamos agradecer em alto os seus comentários e sugestões. Atendente, você encontrará a referência do nosso artigo. Finalmente, só acrescentar que este trabalho surgiu de um sonho de contribuir para a dignidade no espaço de aprendizagem dos alunos surdos no México. Estamos nessa estrada! 

FITA TXT

Itzel Moreno, Raija Pirttimaa, Rosa Duran & César Ernesto Escobedo Delgado (2021) Dignidade para Surdos no Ambiente Educacional: Uma Comparação entre a Finlândia e o México, Jornal Internacional de Deficiência, Desenvolvimento e Educação, DOI: 10.1080/1034912 X. 2021.1885629 2021.1885629

 

#pesquisa #trabalho em #promoção #dignidade para estudantes #surdos no #México. Hoje estamos muito gratos com este artigo na plataforma online para o Grupo Taylor & Francis. Estamos muito gratos ao University of Jyväskylä-Jyväskylän yliopisto, Finlândia, pela colaboração e apoio ao feedback na sua experiência na educação e inclusão de surdos. Estamos muito gratos com o apoio do departamento finlandês de língua de sinais Humanistis-yhteiskuntatieteellinen tiedekunta, Jyväskylän yliopisto. Estamos tão gradefu ao Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia do México (CONACYT) e a nossa sincera gratidão à Universidade Autónoma do Estado de Hidalgo pela promoção e tutoria desta pesquisa. Agradecemos os vossos comentários e feedbacks agradecidos. Por favor, encontre enclausurada a referência do nosso artigo. Finalmente, só para acrescentar que este papel surgiu de um sonho para contribuir para a dignidade no ambiente de aprendizagem dos estudantes surdos no México! Estamos neste caminho!

 

https://tinyurl.com/y8wony9j

 

 

Dignidade para os surdos no ambiente educacional: uma comparação entre a Finlândia e o México

ABSTRACT

Este artigo oferece uma comparação teórica e prática entre os sistemas de educação especial para surdos na Finlândia e no México. A abordagem teórica das perspectivas de pesquisa em Chou et al. (2014) e Hellsten (2020) apoia este estudo. Focamos em como?as lacunas na educação especial que estão presentes já no ensino fundamental aumentam as dificuldades de integrar alunos mexicanos com necessidades educacionais especiais (SEN) na universidade. Revisamos a experiência na educação de estudantes surdos na Finlândia e o feedback de professores surdos e pesquisadores.? O objetivo do artigo é contribuir para o melhor acesso à educação bilíngue abrangente e de alta qualidade para surdos nos países em desenvolvimento.

LEIA MAIS

 

 


 

Theory/Review

                  Sign Language and the Brain: A Review

Ruth Campbell

Maire´ad MacSweeney

Dafydd Waters

University College London

 

 How are signed languages processed by the brain? This review briefly outlines some basic principles of brain structure and function and the methodological principles and techniques that have been used to investigate this question. We then summarize a number of different studies exploring brain activity associated with sign language processing especially as compared to speech processing. We focus on lateralization: is signed language lateralized to the left hemisphere (LH) of native signers, just as spoken language is lateralized to the LH of native speakers, or could sign processing involve the right hemisphere to a greater extent than speech processing? Experiments that have addressed this question are described, and some problems in obtaining a clear answer are outlined.

READ MORE

 

Dra. Itzel MorenoDra. Itzel Moreno

Lic. Ernesto EscobedoLic. Ernesto Escobedo

 

reaçãoreação

             QUEM É ALEX GARCIA?

ALEXALEX

Sobre Alex Garcia
Especialista em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM/RS.

Alex é surdocego, com Hidrocefalia e Osteogênese Imperfeita (doença rara conhecida como "ossos de vidro").

O Gaúcho Alex Garcia é uma das Pessoas Surdocegas e Pessoa com Doença Rara mais conhecida no mundo. É Especialista em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM/RS. Foi a primeira Pessoa Surdocega, com Hidrocefalia e Doença Rara no Brasil que se Pós-graduou (Nível de Especialização) em uma Universidade. Fundador-presidente da Associação Gaúcha de Pais e Amigos dos Surdocegos e Multideficientes - Agapasm, Alex Garcia foi a única pessoa surdocega do mundo a participar da Reunião de Alto Nível sobre Deficiência e Desenvolvimento "O caminho a seguir: Agenda de Desenvolvimento Inclusivo em Deficiência para 2015 e além" realizada no ano de 2013 na sede da ONU em Nova York. Pioneiro no Brasil ao desenvolver a primeira pesquisa em campo para localização de Surdocegos, que abrangeu o Estado do Rio Grande do Sul e teve como principais apoiadores a Federação Sueca de Surdocegos e a Federação Mundial de Surdocegos. É considerado o "Pai" da Surdocegueira no Rio Grande do Sul.

 

ALEX LÍDERALEX LÍDER

 

Desde 2004, de forma voluntária, pela primeira vez no Brasil, estruturou o trabalho de atendimento domiciliar com as famílias de Surdocegos para informações e orientações educacionais, encaminhamentos médicos e sociais. E acima de tudo, preparação de profissionais para atuação com Surdocegos em seus locais de origem, adaptando locais e programas especiais em escolas de ensino regular ou especial. Escritor, é a primeira Pessoa Surdocega a escrever um livro sobre Educação na América Latina. Sua obra "Surdocegueira: empírica e científica" foi editada em 2008. Em 2010 editou a obra infantil "A Grande Revolução" e em 2014 editou a obra "Além de existir devemos ser". Jamais abdicando de sua autonomia, Alex Garcia é registrado na biblioteca nacional como editor pessoa física - Prefixo Editorial 908690. Em 2009 venceu o Prêmio Sentidos, concurso nacional promovido pela Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência – Avape, Revista Sentidos e Rede Record de Rádio e Televisão, sendo sua história de superação eleita a maior do ano no Brasil. É Rotariano Honorário - Rotary Club de São Luiz Gonzaga/RS.

 

LEITURALEITURA

 

Foi a primeira Pessoa Surdocega a ser aluno da Mobility International USA – Miusa em 27 anos de história dessa organização. Foi a primeira Pessoa Surdocega, no Brasil e América Latina, a ministrar curso de formação de professores com total autonomia, em Cuiabá/MT e foi, a primeira Pessoa Surdocega, no Brasil a ministrar curso de formação de professores e ter como alunos duas pessoas com deficiência (uma jovem educadora cega e um jovem educador surdo). Este momento aconteceu em Niterói/RJ. É colunista da Revista REAÇÃO desde o ano de 2009. Foi o proponente, no ano de 2013, da Audiência pública para tratar da inclusão social da Pessoa com Surdocegueira - Primeira audiência à tratar do tema na história do Brasil.

 PALESTRAPALESTRA

 

É ativo (participante e colaborador) do Fórum da “International Disability Alliance – IDA”. Alex Garcia foi um dos vencedores, na categoria "Personalidades", do Prêmio Brasil Mais Inclusão 2016.

Alex Garcia - Contato: agapasm@agapasm.com.br

Alex Garcia - CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/4055194419684987

ORCID PESQUISADOR: https://orcid.org/0000-0002-7685-3187

Alex Garcia - Facebook: https://www.facebook.com/alex.surdocego

AGAPASM - Facebook: https://www.facebook.com/agapas

Associação Gaúcha de Pais e Amigos dos Surdocegos e Multideficientes
 
ORCIDORCID
 
Alex Garcia - Youtube: www.youtube.com/user/alexsurdocego/videos
http://www.agapasm.com.br/Documentos/Perfil%20Portugues.PDF


Alex é o líder de Assuntos Estratégicos de Projetos na:
1º ESCOLA DO PENSAMENTO FORA DO PADRÃO - PROJETO ENSINO POR OUTRO CAMINHO
1º CONGRESSO INTERNACIONAL DA PESSOA FORA DO PADRÃO
TECNOLOGIA PARA HUMANIDADE
www.doisdobrasil.com
 

                                Artigos
                                                                                                     por ALEX GARCIA
 
Os cegos são a inclusão de plenas possibilidades
* Alex Garcia
 
Quando se trata de inclusão e exclusão, na verdade, voltamos a uma série de reflexões que permeiam a relação entre os seres humanos. Nas minhas  palavras, a intenção de ganhar ′′ poder ilimitado ". Quem não lembra do romance de Humberto Eco, ′′ O nome da rosa "? Peça literária que deu vida ao famoso filme. O significado deste romance e o seu nome assombraram-me durante anos até que, num estudo, percebi que ′′ O nome da rosa ′′ era um nome medieval usado para indicar ′′ poder ilimitado das palavras ". Este é o poder ilimitado do palavras que quero trazer a vocês através de opiniões e reflexões sobre a inclusão de pessoas cegas na sociedade e movimentos que surgem em torno deste problema.
 
Deuses de carne e ossos
Com esse sentimento e desejo ilimitado, palavras inerentes, começarei por apontar que a inclusão e exclusão estão inextricavelmente conectadas com a própria natureza. Claro que nem tudo se resume a eles. Inclusão e exceção são fenômenos antigos, provavelmente eles existem desde o início dos tempos. Uma vez eu estive num determinado evento, e houve um famoso pensador brevemente sobre o fato de que a inclusão e exclusão poderiam constituir uma relação entre Deus e o Diabo. Essa imagem chamou minha atenção. Ela ′′ abriu meus olhos ′′ e deixou ′′ expandir meu horizonte ′′ e assim levou a novas reflexões que agora tenho a oportunidade de compartilhar com vocês. Deus que criou tudo também criou o diabo. Deus criou o diabo com um propósito. No entanto, pela vontade dos tribunais, o diabo fugiu do controle e já não tomou o controle de Deus. Deus, em resposta à incontrolabilidade demoníaca e talvez sem poder para restaurar o seu poder, criou um lugar para prejudicar o diabo e o enviou para o inferno. ′′ Se eu não puder te controlar, eu me livro de você ". Vai pro inferno! Essa reflexão mostra que inclusão e exclusão são fenômenos desenvolvidos no ′′ centro de controle ".
 
Acho que qualquer exceção reflete a necessidade de controlar algo que não age da maneira que eu gostaria, ou seja, se eu não te posso controlar, eu excluo-te. Inclusão é um movimento que visa corrigir esse contexto de controle, desigualdade, e por que não chamar as coisas pelos seus nomes, humilhação. Nós humanos precisamos de controlo sobre os outros, isto não é novidade. Esta necessidade de controlo costuma ser disfarçada e escondida. Sabemos dela, mas não a mostramos abertamente. Manifesta-se apenas na situação de conflito, isto é, no conflito de inclusão-exceções. Conflitos surgidos no contexto, por exemplo, oportunidades para adquirir ou perder vários benefícios. Em tal conflito, podemos observar quem se liga e quem exclui quem cortrola e quem está sob controle.
 
Presunção
Claro que o controle ou a necessidade de controle tem seus próprios métodos para conquistar suas posições. Um destes métodos ou ferramentas frequentemente usados é a presunção. A presunção como ferramenta de controlo e exclusão indica que alguns meios de comunicação, grupos ou indivíduos sugerem noutros um comportamento ′′ norma ′′ diferente, como o comportamento de pessoas cegas. Esta é a mídia, grupo ou pessoa ′′ sabe com antecedência ′′ como uma pessoa com deficiência se comportará. A presunção é uma arma forte de controlo. Um grande número de pessoas cegas vive num mundo de manipulação, enganação e exclusão e não pode escapar ou escapar desta presunção. Durante meus discursos no Brasil, América Latina e outros países, sempre me perguntam: ′′ Alex, qual é a fórmula para promover a inclusão?" Respondo-lhes, embora não goste das fórmulas prontas que minha opinião é: real A inclusão só será possível então, quando o cego conseguir derrotar esta presunção, que tem a ver com a nossa identidade. Posso garantir-vos que quebrei esta presunção tantas vezes que os ′′ deuses ′′ que habitam o nosso mundo com o seu desejo incontrolável de assumir o controlo, me enviaram ′′ para o inferno ′′ mais de uma vez. Mas isso é algo natural e inseparável do desejo ganhar liberdade, né? Muitos de vocês podem me mandar ′′ para o inferno ′′ nesse exato momento, ou talvez alguém me exclua do mesmo ′′ inferno ".
 
Vergonha, vergonha
Vergonha é outra ferramenta de controle. Ele é poderoso porque toca nossas emoções. Para mim, a vergonha é uma farsa. Isto é mentira. Esta é uma ferramenta social, política, religiosa para controlar as pessoas. Em geral, a vergonha afeta muito as pessoas cegas. Temos vergonha do que somos. Sentimo-nos envergonhados pela deficiência das nossas possibilidades. Enquanto nós, cegos, levarmos a ′′ culpa ′′ que a vergonha nos impõe, estaremos no controle e nunca estaremos livres do mundo da humilhação.
 
Chame a liberdade
Aparentemente, desde que procurei liberdade absoluta muitas vezes, os deuses me enviaram para o inferno muitas vezes. Então eu me transformei em ′′ diabo ". Não tenho vergonha no meu coração nem na minha cabeça. Então eu me tornei um ′′ sem vergonha ". Mas acredito, não importa o que aconteça, com as nossas diferenças, na verdade somos criações ′′ grandes ". Essa fé, que sem dúvida se transformou em minha religião, dá à minha luta um ponto de apoio, e ao meu ′′ ser imperfeito ", equilibrando-se nesse ponto, avança para encontrar uma expressão completa.
 
Sobre o Autor
* Surdo cego. Presidente do ′′ Agapasm". Especialista em pedagogia especial. Vencedor do II Prémio Sentidos. Membro honorário do Rotary Club de San Luiz Gonzaga (Rio Grande do Sul, Brasil). Líder Internacional do Movimento de Emprego para Pessoas com Deficiência Programa Profissional de Liderança Internacional, Emprego e Deficiência (I-LEAD) - Mobile International EUA - MIUSA. Membro da Federação Mundial dos Cegos (WFDB). Autor permanente dos artigos da revista brasileira ′′ Revista Rea cao ′′ (reabilitação) e do portal da Internet ′′ Planeta Educa cao ′′
 
Página da Web: www.agapasm.com.br
E-mail: agapasm@agapasm.com.br
Tradução do português
Anna Orlitskaya
verbinf@gmail.com
 
Versão em espanhol
 
Versão em Português
 
CERTIFICADO ALEXCERTIFICADO ALEX
 
 
 
 
 
 
 

REACAOREACAO

9 ARTIGOS Prof. Dr. VILSON ZATTERA

Pós Doutor em Acessibilidade Computacional em Música para Pessoas com
Deficiência Visual; Prof. Convidado Instituto de Artes - IA Unicamp
Pesquisador convidado do  Núcleo Interdisciplinar em Comunicação Sonora-NICS
 e do Laboratório de Acessibilidade - LAB -  BCCL- UNICAMP
whatsapp (19) 98186-6678; (19) 99675-9879
Currículum Lattes
http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4766679T8

Prof. Dr. Vilson ZatteraProf. Dr. Vilson Zattera

ARTIGO 1

por Prof. Dr. VILSON ZATTERA

XXVI Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música – B. Horizonte - 2016

Therengala: construindo um hardware livre a serviço da acessibilidade visual e interatividade musical

MODALIDADE: PÔSTER SUBÁREA: MÚSICA E INTERFACES

Luana Portas Laboratório de Acessibilidade (LAB) da UNICAMP – e-mail: luana.portas.c@gmail.com

Antonio Fernando da Cunha Penteado Departamento de Música, Instituto de Artes (IA) da UNICAMP – e-mail: nandopenteado@gmail.com

Vilson Zattera LAB e IA da UNICAMP – e-mail: vilson.zattera@gmail.com

José Fornari Núcleo Interdisciplinar de Comunicação Sonora (NICS) da UNICAMP – e-mail: tutifornari@gmail.com 

Resumo:

Este trabalho apresenta uma pesquisa em andamento que trata do desenvolvimento e da implementação de uma bengala para o músico deficiente visual. Esta bengala possui um equipamento eletrônico acoplado, que permite que esta tanto aumente a acessibilidade do deficiente visual quanto possa ser usada como um instrumento musical eletrônico. Esta é aqui chamada de Therengala, pois o seu projeto é baseado no famoso instrumento musical eletrônico: Theremin. A Therengala é um projeto em desenvolvimento, realizado no Laboratório de Acessibilidade (LAB) da UNICAMP. Palavras-chave: Theremin, Acessibilidade, Música Computacional.

Therengala: Building a Free Hardware for the Accessibility and Excellency of the Visually Impaired Musician Abstract: This paper presents an ongoing research that deals with the development and implementation of a cane for the visually impaired musician. This cane has attached an electronic equipment that allows it to increase the accessibility of the visually impaired once that it can be also used as an electronic musical instrument. This is here called Therengala because its design is inspired on the famous electronic musical instrument: Theremin. The Therengala is an ongoing project, carried out in the Accessibility Laboratory (LAB) at UNICAMP. Keywords: Theremin, Accessibility, Computer Music.

LEIA MAIS


 

ARTIGO 2

por Prof. Dr. VILSON ZATTERA

XXVI Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música – B. Horizonte - 2016 Programação textual em linguagem visual para computação musical MODALIDADE: PÔSTER SUBÁREA: MÚSICA E INTERFACES Lucas de Oliveira da Silva Laboratório de Acessibilidade (LAB) da UNICAMP – e-mail: factoryfiftylucas@gmail.com Gabriel Mary Dixon Henrique Laboratório de Acessibilidade (LAB) da UNICAMP – e-mail: gabrielzello@gmail.com Antonio Fernando da Cunha Penteado Departamento de Música, Instituto de Artes (IA) da UNICAMP – e-mail: nando@nandopenteado.com Vilson Zattera LAB e IA da UNICAMP – e-mail: vilson.zattera@gmail.com José Fornari Núcleo Interdisciplinar de Comunicação Sonora (NICS) da UNICAMP – e-mail: tutifornari@gmail.com Resumo: Este trabalho apresenta uma pesquisa em andamento que trata do desenvolvimento de um método de programação textual para o ambiente visual de programação de performances de música computacional; o Puredata (Pd). Este método é particularmente útil para o músico deficiente visual que, dessa forma, passa a ter total acesso para a criação de composições e performances de música computacional e arte multimodal através do Pd.

Palavras-chave: Computação Musical, Puredata, Acessibilidade.

Title: Textual programming of visual language of computing music Abstract: This paper presents an ongoing research that deals with the development of a textual programming method for Puredata (Pd), the visual programming language for computer music performances. This method is particularly useful for the visually impaired musician that can now have full access to the creation of electronic compositions, computer music performances and art multimodal using Pd. Keywords: Computing Music, Puredata, Accessibility.

LEIA MAIS

 


 

ARTIGO 3

por Prof. Dr. VILSON ZATTERA

 

XV SBCNI - 2015                   Computer Music: Beyond the frontiers of signal processing and computational models

A Low Cost Computing Interface to Speed Up Braille Music Notation

Antonio Fernando da Cunha Penteadol, Vilson Zattera2, José Fornarl•3

Music Depaltament - Alts Institute

2Accessibility Laborat01Y - Central Librmy

3Nficleo Interdisciplinar de Comunicaqäo Sonora (NICS) - COCEN

Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) - Campinas, SP - Brazil

nando@nandopenteado . com, v i 1 son. zattera@gmail . com, tutifornari@gmail . com

Abstract — Braille nmsic notation is used by visually impaired nmsicians to engrave nmsic. As nonnally performed, this is a difficult and time consuming task. This paper presents a study, a work in progress, on the design of a sinple and affordable hardware interface that tunas the process of braille music notation in conputers easier andfaster. Braille uses the same set of 6 dots to make all representations of letters, numbers, symbols and music notation according a context. The hardware presented here has two handles with 3 pushbuttons, each one related to one braille dot. An Arduino board reads the state of these 6 pushbuttons, translate them into a bitmask and send it to a conputer. At the computer side there is a driver to make it possible to convertpushbuttons actions into bnage and sound.

LEIA MAIS

 


 

ARTIGO 4

por Prof. Dr. VILSON ZATTERA

“Seeing” with the hands

Teaching architecture for the visually-impaired with digitallyfabricated scale models

Gabriela Celani1, Vilson Zattera2, Marcelo Fernandes de Oliveira3, Jorge Vicente Lopes da Silva3

Laboratory for Automation and Prototyping for Architecture and Construction (LAPAC), University of Campinas, Campinas, Brazil celani@fec.unicamp.br

Institute of Arts (IA), University of Campinas, Campinas, Brazil

vilson.zattera@gmail.com

3D Technologies Division (DT3D), Renato Archer Information Technology Center, Campinas, Brazil

{marcelo.oliveira, jorge.silva}@cti.gov.br

Abstract. Accessibility of information for the visually impaired has greatly benefited from information and communication technologies (ICT’s) in the past decades. However, the interpretation of images by the blind still represents a challenge. Bidimensional representations can be understood by those who have seen at least sometime in their lives but they are too abstract for those with congenital blindness, for whom three-dimensional representations are more effective, especially during the conceptualization phase, when children are still forming mental images of the world. Ideally, educators who work with the visuallyimpaired should be able to produce custom 3D models as they are needed for the explanation concepts. This paper presents an undergoing project that aims at developing a protocol for making 3D technologies technically and economically available to them.

Keywords: Tactile models, rapid prototyping, architectural concepts. 

 

LEIA MAIS

 


 

ARTIGO 5

por Prof. Dr. VILSON ZATTERA                                                                                                              

Educação musical e psicomotricidade: contribuições no desenvolvimento intelectual de alunoS

com baixo desempenho escolar 

                                                                                                                                                       Modalidade: Pesquisa em andamento

                                                                                                                                                      Categoria: Música na educação básica

                                                                                                                                                                                Ana Maria Paes Leme Carrijo Abrahão

                                                                                                                                                                                                                             UNICAMP

                                                                                                                                                                                                  anam.abrahao@gmail.com 

                                                                                                                                                                                                 Paulo Cesar Cadima Junior

                                                                                                                                                                                                                                     IBFE

                                                                                                                                                                                               

ESTAMOS COM A ONU/UNESCO NA TRAVESSIA DA DÉCADA DA REABILITAÇÃO (De 20/02/2022 a 20/02/2032)

ONU/UNESCOONU/UNESCO

1a. Escola do Pensamento Fora do Padrão

Instituto Ensino por Outro Caminho

NESA - Núcleo de Ensino Superior Adaptado

Nossos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Educação de Qualidade (ODS 4) e Redução das Desigualdades (ODS 10)


 

Idealizadores

Prof. Guto MaiaProf. Guto MaiaProf. Guto Maia (José Augusto Maia Baptista) 

Professor, Pesquisador do Desenvolvimento Humano, Reabilitação, Inovação, Ciência e Tecnologia Assistiva. Graduando em Ciências Sociais / 

Fundador da 1ª Escola do Pensamento Fora do Padrão / NESA Brasil (Núcleo de Ensino Superior Adaptado) Instituto Ensino por Outro Caminho / 

Organizador  do 1º Congresso Internacional do Pensamento Fora do Padrão /  Líder do projeto Tecnologia para Humanidade / 

Idealizador da Travessia da Década da Reabilitação (2022 > 2032), liderando mais de uma centena de pesquisadores internacionais /

Colunista / colaborador da REVISTA REAÇÃO e do PROGRAMA MISSÃO EDUCAR . UPTV /

Membro da Comunidade de Talentos ONU 2021/23 /

Prêmio Marco da Paz, da Associação Comercial de São Paulo, homenageado no Dia do Professor, na Câmara Municipal de São Paulo, 2019 /

ID Pesquisador ORCID: https://orcid.org/0000-0002-5694-4460 

Linktree: https://linktr.ee/prof.gutomaia 

Portfólio: https://doisdobrasil.com/pessoa-fora-do-padrao/portfolio/ 

Lattes: https://lattes.cnpq.br/6424194985117315 

Facebook: https://www.facebook.com/guto.maia/   

Instagram: https://www.instagram.com/gutomaiabaptista/ 

Twitter: https://twitter.com/maiagutomaia 

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/gutomaiabaptista 

E-mail: maiagutomaia@gmail.com

Whatsapp: 11 993784603 

 


 

Pedro Rosengarten BaptistaPedro Rosengarten BaptistaPedro Rosengarten Baptista

Graduando em Ciências Sociais Licenciatura /  Líder de Inovação e Comunicação Assistiva do NESA BRASIL /

Autista, Atuante na Causa da Pessoa com Deficiência /

Palestrante Credenciado do Museu da Inclusão - São Paulo /

Pesquisador de tribos africanas / 

Membro Comunidade Talentos ONU /

Prêmio Marco da Paz Inclusão Sem Limite – ACSP, no Memorial da américa Latina Museu da Inclusão, 2018 /

ID Pesquisador ORCID: https://orcid.org/0000-0003-3394-8634

Linktreehttps://linktr.ee/pedrorosengartenbaptista

Lattes:  https://lattes.cnpq.br/5408798786190284

Facebookhttps://www.facebook.com/pedrorosengarten

Instagramhttps://www.instagram.com/nonecolarizado2015/

E-mail: pedrobaoba@gmail.com

Whatsapp: 11 993784603 

Mídias Sociais

UA-12170444-1