ARTIGO ATUALIZÁVEL

Por Guto Maia & Pedro Rosengarten

Atualizado em 05/03/2020 05:27:59

 

RESUMO

A nossa família diminuiu de tamanho no convívio com a deficiência, criou protocolos particulares, construiu padrões próprios e vive um dia por vez. Esse artigo contará de maneira simples um pouco do que representa essa realidade onde tudo pode mudar no minuto seguinte, vivida há 21 anos. É uma forma de desabafo diário e beneficiará a todos que se identificam, mas não encontram palavras, não têm voz, nem eco para dizer o mesmo. E, principalmente, será uma fonte de pesquisa para quem quer saber mais sobre a educação adaptada de pessoas com deficiências. É um estudo de caso imbricado com o social, onde todos se verão representados em algum momento. Será atualizado diariamente e talvez seja o primeiro artigo com essa característica de novela televisiva, onde o capítulo seguinte sempre guardará grandes emoções, especialmente para quem o escreve e o representa. Boa leitura e gratos por compartilhar dessa conexão! Ela nos fará bem a todos. E, estará sempre disponível na sessão de artigos do nosso site.

 

INTRODUÇÃO

Apresentamos nesse artigo, uma reflexão de como a nossa experiência de cuidar, tratar e educar pessoas com habilidades incomuns e diversas se multiplicou e vem dando frutos. Queremos nos profissionalizar nessas atividades e colocamos aqui todos os nossos sonhos para ampliar o ativismo da causa da pessoa com deficiência, com a certeza plena de que isso mudará o mundo na próxima década, graças ao avanço da tecnologia em demanda adaptada, que favorecerá a todos, não temos dúvidas disso.

 

O primeiro projeto colaborativo que lançamos foi: “Cidades que me dizem respeito”, em novembro de 2017, férias do Pedro, que na época trabalhava na Drogasil, onde ficou por dois anos e meio, e foi transformador na sua vida. O trabalho fortalece a autoestima, por isso, o principal foco dos nossos projetos e encontros é estimular o nosso público a promover o acesso de todos ao mercado de trabalho, sejam quais forem as limitações e adaptações necessárias para isso.

 

As nossas experiências em projetos de ativismo nesses anos estão sendo organizadas e arquivadas. Elas se transformará com o tempo em teses acadêmicas, artigos científicos e num livro que será lançado no dia 02 de outubro de 2032, data do aniversário de 80 anos do Guto Maia. Já temos um nome provisório para o livro: “TECNOLOGIA PODE SALVAR VIDAS”. Esse é o principal tratamento de saúde que vislumbramos para os próximos anos: Tecnologia na veia! Será o nosso processo em construção em vários níveis, inclusive estético, sem preocupação, até lá, com produtos finalizados, pois assim como na vida das pessoas com deficiências e vulneráveis, tudo pode mudar, de repente, para o bem ou para o mal. A nossa principal curiosidade, foco de estudo e pesquisa, não é deficiência em si, mas sim, as altas habilidades que são desenvolvidas por todo e qualquer ser vivo, especialmente o humano em circunstâncias adversas e situações-limite.  A capacidade de adaptabilidade para que a vida prevaleça, é inimaginável. Acreditamos que “Soluções têm o dobro do tamanho do problema. Ou, deveriam ter para serem consideradas como tal. A luta pela sobrevivência é mais forte e o poder de recuperação de todo ser vivo é gigante. No nosso site, de forma simples, armazenamos as nossas soluções cotidianas que se vão aperfeiçoando técnica, conceitual e esteticamente com ajuda de todos que se juntam a nós na caminhada, pois nunca estaremos sós.

 

As nossas palestras/debates se tornaram continuação das conversas iniciadas no "Encontro de Gerações", na cidade de Socorro/SP, em agosto/2016, a convite do Memorial da inclusão, onde passamos quatro dias debatendo com dezenas de liderançasde todas as partes do Brasil, o futuro do protagonismo das pessoas com deficiências, em evento promovido pelas Secretarias Nacional, Estadual e Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Comitê Paralímpico, em sincroniacom os preceitos da ONU,e instituições parceiras. Desde então, o Pedro passou a ser também considerado uma jovem liderança, o que muito nos honra e enche de responsabilidade ao projetarmos ações e fortalecer propósitos. Contamos sempre com a supervisão de especialistas convidados nos nossos eventos, visando aperfeiçoar uma proposta colaborativa sociocultural sobre o nosso Universo Adaptado, sempre envolvendo educadores, pesquisadores, profissionais agentes de saúde, familiares e todos os que têm interesse em saber mais sobre educação adaptada para o trabalho e para a vida, aprendizado que todos nós necessitaremos sempre, numa troca de experiências e identificação de multiplicadores, investindo na construção coletiva que nos motiva e dá força. Precisamos de todos.

 

Os dilemas das famílias, a busca de apoios e os desafios das políticas públicas são nossos temas recorrentes.  Acessibilidade é uma pauta abrangente que não se esgotará em uma década.

 

Nos últimos 21 anos, estivemos aperfeiçoando o discurso, construindo uma equipe de consultores especialistas, identificando lideranças conectadas e buscando simpatizantes alinhados aos propósitos no convívio com pessoas que necessitam de adaptações para a sua vida cotidiana.

 

Agora, que estamos com a nossa conexão em rede consolidada e nos sentimos mais preparados tecnicamente, iniciaremos um trabalho vigoroso e consistente de disseminação de informação relevante, construindo polos de estudo e pesquisa, e atraindo colaboradores para que possamos juntos trabalhar na formação de uma nova geração de cientistas e educadores competentes, efetivamente engajados na causa humana adaptada e acessível.

 

Saiba mais sobre Direito:

*Cartilha de Direitos das Pessoas com Autismo - Defensoria Pública de São Paulo - pdf para download

*Direitos dos pais de Pessoas com Autismo

 

Bem vindos à nossa nova próxima década de conquistas na busca de novas terminologias, novos conceitos e quebras de paradigmas. A Tecnologia dará mais inteligência às coisas  e aos seres humanos que nos dizem repeito. Estamos assistindo à ebulição do início da fusão de ideias a serviço de uma sobrevivência mais digna. Essa fervura desvelará mentes jovens e limpas, depois que o ranço se dissipar. 

Estamos em conexão!

Ler artigo completo...

UA-12170444-1